O QUE É O KIT PORQUINHO E PARA QUE SERVE?

O Kit Porquinho consiste dos seguintes componentes:
Porquinho cerâmico - Espetos (2) – Dosador - Travessa
Molheira - Prato Base - Paliteiro

A origem da utilização do porquinho vem de Portugal, onde nasceu a tradição de se assar o “Chouriço” (lingüiça portuguesa similar ao paio) na Bagaceira (aguardente produzida a partir da uva), sem produzir fumaça nem espirrar gorduras. Embora partindo da idéia básica portuguesa, nosso Porquinho tem características bem diferentes, de forma a permitir seu uso de forma diversificada, mas acima de tudo, facilitando a limpeza e assegurando segurança no seu manuseio.
O preparo dos alimentos é rápido, não ultrapassando a casa dos cinco minutos.

COMO UTILIZAR

O Porquinho é fabricado em cerâmica esmaltada a alta temperatura, portanto, feito para resistir ao uso constante, desde que observadas algumas regras bem simples:
O combustível para acendimento, é basicamente uma bebida destilada, com graduação alcoólica acima de 50º.
Como a legislação de bebidas fabricadas no Brasil, restringe o teor em torno dos 40º, será preciso adicionar álcool em partes iguais com cachaça ou conhaque.
Recomenda-se o uso de álcool hidratado (acima de 60º) como meio de aumentar o teor da mistura.
Normalmente, o melhor método, é o de se utilizar uma garrafa vazia, onde colocamos álcool e bebida em partes iguais. Colocamos esta mistura no Dosador. Enchemos um pouco acima da sua metade e derramamos no interior do porquinho. Observe bem a quantidade de álcool utilizada, evitando-se o excesso, pois, a maior quantidade não significa maior velocidade no assar, mas apenas mais tempo de fogo aceso. Nossa experiência diz que o bom uso fica em torno de ¾ da capacidade do dosador.
Aguarde até que a chama se apague espontaneamente e então limpe a gordura depositada no interior do Porquinho, utilizando papel toalha, com cuidado, pois as bordas estarão muito aquecidas.
Após a limpeza, o Porquinho estará pronto para ser aceso novamente.
Quando terminar a sessão, deixe o Porquinho em repouso até que o mesmo esfrie totalmente para depois lavá-la em água corrente, podendo se fazer uso de detergente.


SUGESTÕES DE USO
O Porquinho pode ser usado para assar e flambar salsichas, lingüiças, queijos, carnes, camarões, vegetais, frutas etc.
O grande charme do Porquinho é o ritual da combinação de Aromas( bebidas) e Sabores ao se levar os alimentos ao fogo, mantendo o ambiente livre de gorduras e fumaça
                     
                                                                    
Receitas Básicas:

Lingüiças e embutidos :
Sugerimos utilizar lingüiças de calibre fino (podem ser frescas, pré cozidas ou defumadas) e corta-
las em pedaços de 4cm a 6cm.
Elas devem ser colocadas no espeto de forma transversal e não há necessidade de deixar espaço
entre elas.
Como acompanhamento, um molho de mostarda tipo HOLANDES ou mostarda escura.

Queijo de Coalho ou Provolone:

Os melhores queijos para se assar são os queijos defumados, como o Provolone, os queijos de
Coalho e as Mussarelas.
Antes de assa-los, os queijos devem ser resfriados na geladeira (5'C).
Os queijos devem ser cortados em cubos ou rodelas. Recomendamos 1cm de espessura para o
queijo de coalho e 2cm para os demais. No caso do Coalho retira-se previamente o espeto de
madeira da embalagem original, se for o caso.
Após colocar o queijo no espeto pincelamos com azeite de boa qualidade e depois jogamos orégano
em toda a superfície do mesmo e levamos para ser assado ao conhaque.

Defumados:

Lombinho canadense, Copa, Presunto, Salpicão Português ou Kasler ficam muito gostosos se
preparados da maneira descrita para os queijos.

Camarões:

Podem ser preparados como os queijos, substituindo-se o orégano pelo alecrim.
Conforme o tipo de camarão é conveniente uma rápida pré fervura para evitar que fiquem muito
enrijecidos depois de assados.
Podem ser previamente marinados em Vinho Branco ou Saquê.

Frutas Caramelizadas:

Bananas, peras, maçãs e abacaxi podem ser preparadas e caramelizadas de forma simples.
Precisamos de dois recipientes: no primeiro vamos colocar a bebida ( licores são recomendados).
No segundo iremos misturar açúcar (refinado ou mascavo) e canela em pó (para ficar crocante adicionar Ovomaltine).
Após descascar a fruta, iremos cortá-la em pedaços não menores que 4cm, e em seguida marina-las
na bebida.
Depois vamos empana-las com açúcar e canela antes de leva-las para assar.
Precisaremos de utilizar os dois espetos, introduzindo o primeiro numa das extremidades dos
pedaços de frutas e o segundo na outra extremidade como se fosse um espeto duplo. Servidas com
sorvete de creme fica uma delícia. No caso do ABACAXI, podemos usar uma variante:
corte o abacaxi em rodelas com 2cm ou mais de espessura. Divida em duas meia-luas e depois
proceda ao banho com a bebida de sua preferência.
Coloque a meia lua deitada sobre o porquinho utilizando-se dos dois espetos e espalhe uma
colherzinha de mel sobre sua superfÍcie. Se quiser pulverize com canela e acenda o fogo utilizando
a mistura de meio a meio para a bebida e o álcool.

Fondue de Carne e Camarões:

Podemos preparar um delicioso fondue no porquinho sem o uso daquela abominável panela cheia
de óleo.
Primeiramente vamos cortar o filé-mignon em tirinhas de 4cm, como se fossemos preparar um
estrogonofe. Se quisermos podemos marinar os pedaços de carne em vinho ou scotch.
Camarões médios sem casca devem ser submetidos à rápida ferventada e depois marinados em
vinho branco ou saquê.
Batatinhas tipo calabresa devem ser pré cozidas com cascas e tudo para amolecer o miolo.
Chalotas (cebolas miúdas) podem ser utilizadas.
Recipiente com azeite,  orégano, alecrim e ervas finas, serão utilizados para que se possibilite passar
um pincel lubrificando os alimentos, depois que os mesmos estiverem agrupados nos espetos antes
de serem levados ao fogo.
Prepare os molhos de fondue conforme sua preferência, para passarmos nos alimentos depois de
assados.

USE A SUA IMAGINAÇÃO:

Os exemplos acima servem de base para que você possa desenvolver uma grande variedade de
opções de uso do Porquinho, como sugerimos abaixo:

Damasco recheado com queijo brie e enroladinhos de presunto com queijo,

Cerejas ao Marrasquino enroladas em bacon.

Tirinhas de picanha marinadas com Jack Daniels são as minhas preferidas para serem assadas ao
conhaque e passadas em molho barbeque.

O que deve ser levado em conta, são as premissas de uso do porquinho:

1-não gerar gordura nem fumaça no ambiente
2-o preparo dos petiscos não passa de 5min
3-não ter uma pilha de pratos esperando para serem lavados no final da
  brincadeira.

Assim, é fundamental tomar algumas medidas práticas:
Deixar os alimentos préviamente cortados/marinados e acondicionados conforme o caso.
 Legumes e outros produtos de maior tempo d ecozimento devem ser antecipadamente  submetidos ao pré- cozimento para que não fiquem muito “ao dente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Troque informações conosco, como novas receitas, por exemplo.